Gloria Pires faz declaração polêmica e é atacada pelos seguidores: “Que decepção”

4
Gloria Pires em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Reprodução)

Assim como várias outras famosas, a atriz Gloria Pires também resolveu prestar o seu apoio às mulheres que morrem todos os dias em clínicas clandestinas, pedindo a legalização do aborto em seu perfil no Instagram. No entanto, muitos seguidores não viram isso com bons olhos.

Paula Fernandes faz a fila andar em menos de um mês e exibe novo affair: “Meu amor”

Bastante conservadores e radicais, grande parte deles fizeram comentários de repúdio e alguns chegaram a falar em decepção com a artista. “Que absurdo”, disse uma seguidora. “Era fã até ver esse post”, disparou outra. “Aborto é assassinato”, disse ainda um homem, em tom de revolta.

Uma delas ainda escreveu: “Menos uma fã”. Foram poucos os comentários que saíram em defesa da atriz e da sua opinião, tornando a situação um tanto preocupante. O post você confere a seguir, juntamente com o print de apenas uma parte dos comentários, que foram tomados pela intolerância:

Gloria Pires não chegou a responder nenhum deles. Na legenda, ela limitou-se a escrever as hashtags do movimento em questão. Confira:

#abortolegalya #NiUnaAMenos #QueSeaLey #NemPresaNemMorta #DescriminalizaSTF #Repost @flavilac

Uma publicação compartilhada por Gloria (@gpiresoficial) em

OUTRAS ATRIZES

As atrizes da Globo estão cada vez mais engajadas na campanha pela legalização do aborto. Após a atriz Letícia Colin, no ar como Rosa em Segundo Sol, se manifestar em seu perfil no Instagram, várias outras fizeram o mesmo.

Leandra Leal (Foto: Divulgação)

Eliana revela seu grande diferencial em relação à Angélica e expõe o passado de Geraldo Alckmin

Nomes como os de Débora Falabella, Nathalia Dill e Leandra Leal levantaram a bandeira em seu perfil, na qual está escrito: “Nem presa nem morta por aborto. Nem uma a menos!”. Na legenda, elas fazem o pedido ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Confira as principais publicações:

#nempresanemmorta #nemumaamenos # ADPF442 #discriminalizastf #niunamenos

Uma publicação compartilhada por Leandra Leal (@leandraleal) em

#nempresanemmorta #nemumaamenos # ADPF442 #discriminalizastf #niunamenos

Uma publicação compartilhada por Débora Falabella (@deborafalabellaoficial) em

@calabresadani @valenbandeira #nempresanemmorta #nenhumaamenos

Uma publicação compartilhada por Debora Lamm (@deboralamm) em

Nunca fiz um aborto, mas também nunca engravidei. Sempre tive vontade de ser mãe, mas quero poder decidir o melhor momento. Seguir com uma gravidez indesejada é tortura. O Estado não pode controlar o corpo feminino, ainda mais um Estado ausente e omisso que mal oferece dignidade os seus cidadãos. Sou a favor da descriminalização do aborto. Uma mulher não pode ser morta e nem presa por uma decisão que só deveria caber a ela. Hoje a descriminalização do aborto até 12 semanas está sendo debatida! Vamos fazer pressão pra que esse direito seja conquistado. #NemPresaNemMorta #NemUmaAMenos #ADPF442 #abortonaoecrime #pelavidadasmulheres

Uma publicação compartilhada por Nathalia Dill (@nathaliadill) em

Facebook Comentarios