Fernanda Souza revela que viveu anos de ostracismo após o SBT e antes do convite da Globo

10
Fernanda Souza no Conversa com Bial (Foto: Reprodução)

A atriz Fernanda Souza estourou no Brasil quando estrelou a novela Chiquititas no SBT, entre os anos de 1997 e 1998, e desde então, só atuou em pequenos papéis na Globo até o ano de 2005. Em entrevista ao Conversa com Bial, ela fez algumas revelações.

Na ocasião, Fernandinha disse que chegou a ficar dois anos sem contrato com nenhuma emissora e isso a prejudicou, já que sustentava os seus pais em casa. “É emocionalmente cansativo. Você tem sempre que acertar, a próxima novela, quando vai vir…”, lamenta.

Sobre a vivência da infância na televisão, a atriz pondera: “A gente fica muito mais responsável, mas sofre uma pressão do mundo pra fazer o certo. Teve uma fase da minha vida antes de Alma Gêmea que eu fiquei sem contrato e já sustentava os meus pais”.

“Tinha aquela pressão nos testes. Encontrei a minha força em Deus e cada um escolhe o seu lugar”, disse ainda a atriz, que depois de chiquititas, ganhou participações especiais em Malhação, Sabor da Paixão e na minissérie Um Só Coração.

Fernanda Souza no Conversa com Bial (Foto: Reprodução)

Seu primeiro papel grande desde então foi em Alma Gêmea, com a personagem Mirna. Depois disso, a atriz engatou a carreira de atriz e, atualmente, vive a sua fase de apresentadora.

NA MESMA ENTREVISTA

A eterna Mili de Chiquititas revelou uma farsa na época do folhetim gravado no SBT e disse que nunca cantou de verdade, uma vez que o folhetim era musical.

+Trabalhando e sem descanso, Anitta lamenta distância do marido e desabafa: “Trabalhar é bom, mas a saudade…”

“Eu nunca cantei, eu enganei um país inteiro (risos). No CD de ‘Chiquititas’ dizia de quem eram os vocais, não eram meus, é que quase ninguém deve ter prestado atenção”, iniciou.

+ Nego do Borel escolheu galã da Globo para beijar na boca, mas ator “furou” e causou tumulto nos bastidores de clipe

E prosseguiu: “Acharam que depois que eu saí da novela as pessoas queriam algo da Mili [sua personagem], daí um CD meu seria uma forma de elas terem isso. Fui na gravadora e cantei mal. Minha mãe disse: ‘avisei três meses que essa menina não canta nada’”, disse aos risos.

Apesar disso, o álbum foi produzido. “Me chamaram para gravar um CD e eu gravei, não podia recusar aquela graninha. Mobiliei um apartamento inteiro com o dinheiro daquele CD”, recordou.

Facebook Comentarios