Ex-namorada de Nego do Borel detona cantor, conta a verdade e solta o verbo: “Péssimo filho”

8
Nego do Borel e a ex-namorada (Foto: Reprodução)

A ex-namorada do cantor Nego do Borel, Swellen Saue, resolveu aproveitar a polêmica do clipe do rapaz – em que aparece beijando outro homem -, para jogar na roda algumas verdades sobre ele. Após viver dois anos ao lado do funkeiro, ela o detonou nas redes sociais.

+Globo tenta, se reinventa, mas não consegue minimizar o repúdio do público

“Muitos não conhecem o péssimo filho, péssimo sobrinho, primo etc… Aquele que é capaz de tatuar o nome de toda a família, mas não contribuir com uma cesta básica com os mesmos que precisam e muito de sua ajuda. Ele aprendeu a ser diplomático nesse mundo onde ser falso é necessário”, iniciou ela.

Poderia ficar aqui adjetivando o rapaz , cujo eu mesma canto e danço suas músicas” disparou ela após compartilhar um post com críticas feitas pelo cantor Rico Dalasam.

+Treta na internet: Filho de Jagger “ataca” Galvão Bueno e filho do comentarista rebate

Ainda no desabafo, a jovem contou que ele mudou muito depois que ficou famoso. “Aos que conheceram seu trabalho agora, de 2 anos pra cá, esse clipe novo pode chocar. Pra nós, que conhecemos o MC do morro, foi só uma releitura dos clipes que ele fazia com celular no quintal de casa”, disse.

E prosseguiu: “O mau gosto tinha ‘desaparecido’ com a chegada de profissionais. Mas ele sempre teve opinião, ideias, que muitas vezes só eram lapidadas. Ele tinha perdido essa essência. O MC ‘raiz’ tinha dado lugar ao ‘nutella’, influenciado também pelas novas pessoas ao seu redor”.

Nego do Borel beija modelo em clipe da música Me Solta (Foto: Reprodução)
Nego do Borel beija modelo em clipe da música Me Solta (Foto: Reprodução)

Swellen ainda contou que, com o auxílio de nomes como o de Anitta, Nego percebeu que estava em um caminho errado. “Há pouco, se tocou, com a ‘ajuda’ da conselheira que você respeita, Anitta, que precisava resgastar as raízes. Andou pedindo contatos dos jornalistas que até bem pouco tempo, ignorava, pq achava que já era padrão Vogue”, revelou.

E finalizou: “É preciso frear quem se apropria de causas SEM entender delas apenas com intuito de aparecer, se aproveitar da luta dos outros! O objetivo do MC era causar com o clipe! Bingo! Conseguiu! Recebi muitas mensagens falando sobre. Músicos, falando de vergonha alheia e conhecidos, chocados. Gosto da ‘batida’ da ‘música de 2 palavras’.  Acho interessante a irreverência dessa personagem que ele inventou há anos, mas não vejo coerência no roteiro proposto. Vale tudo por alguns trocados?”, questionou.

Facebook Comentarios