Suspeito de matar adolescente é linchado e tem corpo incendiado pela população

16

Um jovem de 18 anos foi linchado e teve o corpo incendiado no interior do Amazonas, na noite deste domingo (8). O crime aconteceu em frente à sede de uma Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no município de Borba, onde ele estava preso. Ele é suspeito de ter matado a adolescente Patriciane Barros dos Santos, 14 anos.

De acordo com informações da polícia, a população se revoltou com o crime e fez uma mobilização nas redes sociais. Depois, um grupo invadiu o quartel e tirou o jovem da companhia de polícial e o espancou até a morte. Em seguida, o corpo dele foi colocado em um sofá e incendiado.

(Foto: Reprodução)

A Secretaria da Segurança Pública do Amazonas informou que a equipe da Polícia Civil pediu apoio da PM para fazer o deslocamento do detento até o 9ª CIPM, onde ficaria detido. 

Durante a ação, seis policiais militares tiveram ferimentos leves. Eles foram atendidos e liberados. A sede da 9ª CIPM também foi depredada durante a invasão. 

Ainda de acordo com a polícia, reforços de uma cidade vizinha, Nova Olinda do Norte, foram acionados, mas não houve tempo para impedir a ação. 

A Polícia Civil do Amazonas com delegados e investigadores e a tropa das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) estão a caminho da cidade.

Morte da adolescente
De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Patriciane foi encontrado enterrado no quintal de uma casa, com 16 perfurações de faca pelo corpo.

O Comando de Policiamento informou que o suspeito era namorado da vítima, mas a motivação do crime ainda estava sendo investigada pela Polícia Civil.

Facebook Comentarios