Giovanna Lancellotti relata assédio na Rússia: ‘pesado’

12

Não são só as jornalistas que estão sofrendo com assédio na Copa do Mundo da Rússia. A atriz Giovanna Lancellotti, que foi à Rússia para acompanhar o Mundial, revelou que também foi vítima de torcedores. 

De folga das gravações da novela “Segundo Sol”, da TV Globo, ela conseguiu assistir ao jogo entre Brasil e Sérvia, pela fase de grupos, mas viveu situações desagradáveis no país.

“O assédio estava pesado lá. Briguei com vários caras sem noção. Os brasileiros estavam se soltando, achando que era liberado. Teve um que me empurrou, vi que era brasileiro, peguei o cara pelo braço e disse: “Você não vai me empurar, não”. Cheguei a gritar com um árabe, em português mesmo. “Mano, sai de perto de mim!”. Ele falava com o Facetime apontado para mim: “Say hello to my friends”(“Diga olá para os meus amigos”). Até que berrei para ele sair. A mulherada tem que botar pra quebrar, não pode deixar encostar contra a vontade, tem que levantar a voz. Se precisar, eu faço um barraco, mas não deixo o sujeito dar de bonito, relar em mim sem autorização. Sempre fui assim e agora sou ainda mais. Sou brava em relação a desrespeito no geral”, contou a atriz ao Extra.

De volta ao Brasil, ela já retomou as gravações da novela.

Facebook Comentarios