Depois de abandonar a carreira, ex-atriz da Globo reaparece completamente nua e abre o jogo: ”Complexo de rejeição”

18
Carolinie Figueiredo viveu a personagem Domingas na Globo. (Foto: Divulgação)

Longe da TV desde 2013 quando esteve em Malhação (pela 2ª vez) e também na novela Sangue Bom na Globo, Carolinie Figueiredo surgiu em mais uma foto sensual nas redes sociais e fez uma reflexão sobre o atual momento. A loira abandonou a carreira de atriz em dezembro do ano passado.

+ Cláudia Abreu vira motivo de reclamação na escola do filho; saiba o motivo

“A verdade é que depois de todo empoderamento estou aqui novamente me objetificando em fotos porque essa é a maneira que mais tenho atenção. É engraçado que apesar de todo caminho percorrido negando a objetificação, é através dela, da objetivação do meu corpo que mais recebo olhares!”, disse ela no início do desabafo.

Em outro trecho ela fala de uma possível rejeição e explica:”E não é pelo meu complexo de rejeição quando não sou percebida, nem pela minha constante necessidade de me sentir amada via rede social, é só pensando nos algoritmos”, disse ela, ao pedir que as pessoas curtissem sua publicação.

A verdade é que depois de todo empoderamento estou aqui novamente me objetificando em fotos porque essa é a maneira que mais tenho atenção. É engraçado que apesar de todo caminho percorrido negando a objetificação, é através dela, da objetivação do meu corpo que mais recebo olhares! 😂 hoje postei dois vídeos com conteúdos relevantes sobre rede de apoio e outro sobre culpa materna: você viu? Poucas visualizações, poucos comentários. Os que comentaram levaram considerações importantes pra quem estava na troca… essa mudança de algoritmo fez sentir a entrega de conteúdos por aqui. Então o meu aspecto ainda objetificado que recebe mais atenção pede atenção para os outros aspectos que falam sobre culpa materna e rede de apoio nos outros vídeos!!! Para finalizar essas palavras a mulher aí da foto agora grita no meu ouvido: Não estou objetificada!!! Estou autônoma dos meus processos, apropriada de meu corpo!!! Não estou objetificada porque minhas emoções e meu psicológico está sendo considerado então não estou comparada a um objeto, porfavor! Ok… entendi… não falo mais… estou aqui eu: integrando e acolhendo todas essas que sou, e todas as vozes que falam comigo, em mim. Se você viu essa foto e chegou até aqui deixe um simples 💜 e não é pelo meu complexo de rejeição quando não sou percebida, nem pela minha constante necessidade de me sentir amada via rede social, é só pensando nos algoritmos. 😂 #contémironiaprofunda #edesnudamento #de #emoções 📸 @raelbarja

A post shared by Carolinie Figueiredo (@carolinie_figueiredo) on

O DESABAFO SOBRE O FIM DA CARREIRA

“Agora estou começando a abraçar mais uma morte importante: a morte da atriz. Talvez eu nunca deixe de ser atriz, talvez seja o rótulo / ocupação mais antigo que tenho. Acontece que desde que meu segundo filho nasceu, ser atriz não é mais minha ocupação principal, não é mais como eu pago minhas contas mas ainda é como eu me apresento porque isso ainda me trás status, pertencimento e reconhecimento (e digo de mim mesma). Deixar essa morte acontecer não significa que não vá mais atuar, porque o ser artista / criativa / criadora vai estar em mim pra sempre. Mas a idealização de carreira, a associação de sucesso e abundância financeiro ligado a minha carreira de atriz, isso precisa morrer”, disse a ex-atriz.

Facebook Comentarios