Segundo Sol: Rosa vira grande cafetina e bordel passa a promover trabalho escravo

16

TV Foco

Rosa dá a volta por cima (Foto: Reprodução)
Rosa dá a volta por cima (Foto: Reprodução)

A novela Segundo Sol terá uma grande reviravolta nos próximos capítulos. Depois de Galdino (Narcival Rubens) ser humilhado, cuspido e agredido por Karola (Deborah Secco), ele será transformado em um “escravo branco” de Laureta (Adriana Esteves).

Na cena que irá ao ar no dia 28 de julho, o personagem aparecerá servindo a megera, que exige: “Ponha mais dessa cocada mole pra mim, Galdino”. Uma das moças do bordel então questiona porque Galdino está servindo, se a empregada estava por perto.

É aí que Laureta dispara: “Porque mudei ele de função, Galdino agora é escravo branco”. “Como é?”, ri Serjão, e Laureta confirma: “Isso mesmo que você ouviu, Serjão, escravo branco… diga a eles o que você é, Galdino”. “Sou escravo de Laureta”, diz Galdino.

+ Processo milionário, cópia de formatos e contratação surreal: Momentos históricos em que Silvio Santos “peitou” a Globo

Todos começam a zoar o personagem, quando entra Quitéria, a empregada, e anuncia a chegada de Rosa (Letícia Colin). Nesse momento, estarão todos rindo de Galdino, quando Laureta responde: “E precisa anunciar? Mande Rosa entrar, Quitéria”.

Laureta se desespera em Segundo Sol (Foto: Reprodução)
Laureta se desespera em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

“Oxi, Rosa voltou?”, questiona Ariadna. “Vai trabalhar aqui de novo?”, pergunta Du Love. Rosa então entra com um vestido fino e maquiada como uma moça rica, deixando todo mundo pasmo com a virada em sua vida.

“Como vai, Laureta? Galera…”, inicia Rosa, que é interrompida por Laureta: “Agora que você chegou, melhor! Vou aproveitar que estão todos aqui pra lhes apresentar minha nova sócia… ela, Rosa!”.

Todos os garotos e garotas ficarão boquiabertos no final da cena, que irá ao ar no encerramento do capítulo. Rosa então sorri e o congelamento será na sua expressão de vitoriosa.

Segundo Sol: Rosa vira grande cafetina e bordel passa a promover trabalho escravo

Facebook Comentarios