Iniesta não joga mais pela Espanha: ‘dia mais triste da carreira’

11

“O Iniesta não joga mais”. O verso está em uma das músicas criadas pelos torcedores brasileiros que fazem a festa na Copa do Mundo da Rússia e, de fato, se concretizou. Neste domingo (1º), o craque, de 34 anos, anunciou que não jogará mais pela Espanha.

& #8220;É uma realidade que foi o meu último jogo pela seleção, a nível individual termina uma etapa maravilhosa. Às vezes os finais não são como esperamos ou sonhamos. Coletivamente é sem dúvida o dia mais triste da minha carreira”, disse o meia, logo após a eliminação da seleção espanhola contra a Rússia. A Fúria deu adeus ao sonho do bicampeonato após perder na disputa de pênaltis.

“Vou-me embora com um sabor mau e duro. É um momento difícil que já vivemos em outras ocasiões. As críticas ou não-críticas são o de menos, estamos tristes porque não soubemos dar um passo à frente, estar à altura das circunstâncias. A nível individual não foi a melhor despedida, mas o futebol e a vida têm destas coisas”, concluiu o camisa 6.

Apesar da despedida amarga, Iniesta deixa uma importantíssima marca na Espanha. Foi o dele o gol do único título mundial da Fúria, conquistado em 2010, contra a Holanda.

Iniesta joga pela seleção da Espanha desde 2000, pelas categorias de base. Ele jogou as Copas de 2006, 2010, 2014 e 2018. Pela seleção, ele também acumula títulos do Campeonato Europeu em 2008 e 2012, sendo eleito melhor jogador da competição neste último.

Facebook Comentarios